Como fazer uma boa redação: As 7 orientações do CAVE

12/06/2017 15:22
 

Você sabe como fazer uma boa redação? Uma das maiores preocupações dos vestibulandos em relação à preparação para o Vestibular é a redação. Ela é um importante meio de avaliar os conhecimentos de um candidato, pois permite a checagem de seu domínio da Língua Portuguesa, de seu conhecimento para argumentação, de seu raciocínio lógico, enfim, de toda sua capacidade de concatenar ideias.

 

Os Vestibulares possuem diferentes normas para a avaliação da redação. O vestibulando deve informar-se sobre o modelo de redação exigido pela instituição e praticá-lo. Ler os editais e preparar-se para cada estilo de prova é fundamental (Veja aqui os principais editais para os Vestibulares de Medicina Particular de JF e região). Porém, há algumas orientações universais para todos os tipos de redação que um estudante deve seguir. Reunimos as principais a seguir:

 

1. Para escrever bem, seja um bom leitor

 

Uma boa habilidade de redação começa com um bom hábito de leitura. Um leitor tem uma predisposição natural para ser bom escritor também, pelo menos no que diz respeito à capacidade de conectar as ideias com originalidade e inteligibilidade.

Leia bastante, em quantidade, qualidade e variedade. A leitura abrirá suas ideias quanto ao uso da língua e irá aprimorar sua compreensão.

Não se esqueça de dar atenção para literatura variada e para as atualidades.

 

2. A prática leva à perfeição

 

Assim como você precisa se debruçar sobre os vários exercícios de matemática, você também deve praticar a redação ao máximo. Só assim você poderá experimentar novas formas de escrita, perceberá os próprios erros e melhorará suas habilidades. A escrita também é um exercício de técnica e raciocínio.

Na sua rotina prática para o estudo da redação, conte com a ajuda de um professor ou algum mentor para as correções. Além disso, é comum o escritor ficar com a leitura viciada. Por isso, uma segunda opinião sobre seus textos é muito importante para você enxergar como anda sua técnica realmente.

Você também não pode prever o tema de uma redação de Vestibular, por isso deve estar preparado para dialogar sobre uma gama diversa de assuntos.

 

3. Objetividade: menos pode significar muito mais

 

A redação é um meio importante para avaliar a capacidade de argumentação e de exposição da interpretação e ideias de um candidato. É um teste que também exige domínio do tempo de produção, tanto de escrita quanto de planejamento do que se vai escrever. Por isso, preze pela objetividade de sua redação.

Frases mais curtas e claras lhe darão mais espaço para expor seus argumentos, além de maior domínio do que está sendo escrito. Não se perca com frases e parágrafos longos ou com ideias complicadas de concatenar. A capacidade de escrever de forma objetiva garante mais coerência e coesão ao seu texto e reflete um raciocínio mais claro.

A redação objetiva ajudará a conquistar maiores notas na prova.

 

4. Revisão: uma arma ao seu favor

 

As técnicas de revisão fazem parte da prática e da busca pela coerência. Como a escrita não é uma exata como uma equação, há vários caminhos para se escrever corretamente. Para decidir pelo melhor, você deve usar a revisão a seu favor. A revisão é um exercício de autocrítica que permite alcançar a melhor versão possível do seu texto.

Valorize o momento da revisão de sua redação.

 

5. Antes de começar, organize suas ideias

 

Existe uma técnica usada principalmente pelos profissionais de criatividade chamada brainstorming. A tempestade de ideias é um momento de anotar tudo o que pode ser usado para produzir algo. Antes de expor seus argumentos, procure pensar em tudo que você pode usar a seu favor naquela redação. Aliás, pense também no que pode ser negativo. Isso ajudará você a tomar as melhores decisões sobre como fazer uma boa redação diante do tema proposto.

 

Após o brainstorming, faça o esqueleto da sua redação. Pontue em tópicos o que irá na introdução. Os argumentos que utilizará no desenvolvimento e um argumento final forte para utilizar na conclusão. Este esqueleto será a sua bússola na produção da redação, fazendo com que você escreva economizando tempo de prova.

 

 

6. Que tal começar pela redação?

 

Como a redação é uma arte complexa e decisiva para sua avaliação no Vestibular, que tal começar a prova por ela? É natural que ela tome mais tempo, já que é algo que está sendo feito do zero. Talvez seja interessante começar pela produção da redação para depois ficar livre para a solução de exercícios e interpretações de textos.

 

7. Orientação final

 

Além de atentar a todos os pontos expostos anteriormente, não se esqueça da parte material da redação, ou seja, da própria forma do texto no papel. Escreva de forma legível e respeitando as regras da prova. Confira exigências como: não pular linhas entre parágrafos, recuar os parágrafos etc.

 

O domínio da língua é essencialmente o requisito humano básico para se alcançar o conhecimento. Fazer uma boa redação é o espelho de sua capacidade intelectual para com o conhecimento do mundo.

 

Dedique atenção especial à redação em seus estudos. Sucesso no Vestibular!




Imagem